STJ nega habeas corpus de Richa

A ministra Laurita Vaz, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou habeas corpus de Fernanda e Beto Richa presos desde terça-feira. A justificativa para negativa ainda não foi divulgada.
Antes do pedido chegar ao STJ, foi feita uma tentativa no Tribunal de Justiça do Paraná, o desembargador Laertes Ferreira Gomes também negou, a afirmar que a decisão de prender Richa está “fundamentada em elementos concretos extraídos do contexto fático-probatório”. A prisão temporária é imprescindível para as investigações porque se trata de um “complexo esquema criminoso a envolver ex-agentes públicos que ocuparam cargos políticos de alta importância no Estado do Paraná, com ampla potencialidade de influenciar a colheita de provas e deturpar a investigação criminal”.

Categorias: Paraná

INFORMOU: