Cambirense esfaqueado na festa do Pirapó, passa bem

2717
Sérgio levou golpes no pescoço e passa bem

O açougueiro de nome Sérgio, morador de Cambira, chamado pelos amigos pela alcunha de “veinho”, passa bem após ser golpeado no pescoço com objeto cortante na noite dessa quinta-feira (03), durante a Festa do Café no Distrito de Pirapó, município de Apucarana, por um homem morador da localidade do Sete de Maio.

O primeiro golpe atingiu o chapéu da vítima

Conversamos com Sérgio, na tarde dessa sexta-feira, e ele disse que foi atacado pelas costas enquanto comprava uma cerveja. Ainda segundo ele por questão de milímetros, o golpe não atingiu a jugular. O fato da vítima usar estar usando chapéu também pode ter tirado a força do primeiro golpe, já que o chapéu foi cortado na aba.

Após o fato, Sérgio foi socorrido e o autor não foi encontrado pela PM. A vítima já recebeu alta.

O autor é acusado de ter matado Agenor de Souza, de 40 anos com um taco de sinuca, em um bar no dia 01 de janeiro de 2016, no Distrito do Sete de Maio.