Fusão entre PHS e Podemos

78

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorizou nesta 5ª feira (19.set.2019), por unanimidade, a fusão do Partido Humanista da Solidariedade (PHS) ao Podemos. Com o sinal verde do Tribunal, a bancada do Podemos na Câmara passa de 20 para 27 deputados. O PHS não conta com nenhum representante em exercício no Senado, portanto o Podemos se manterá com 11 cadeiras na Casa. As informações são do Poder 360.

Criado há 2 anos, o Podemos atraiu para os seus quadros 3 senadores somente no mês passado. Filiaram-se ao partido Marcos do Val (ES), Reguffe (DF) e a senadora Juíza Selma (MT). Assim, o Podemos tornou-se a segunda maior bancada do Senado, atrás apenas do MDB (que conta com 13 senadores).

O relator do pedido de fusão, ministro Edson Fachin -que acolheu o pedido de incorporação- negou outros pedidos do partido, como a condenação por litigância de má-fé de um advogado que atuou na causa.

O ministro afirmou que não se faz presente o conjunto dos requisitos necessários para a condenação, ou seja, insuficiência de provas.