Morador de Godoy Moreira é morto a tiros na estrada da Prainha, em São João do Ivaí

169

O comerciante, Marailton José da Silva, de 54 anos, foi assassinado por volta das 19h40, na estrada da Prainha, em São João do Ivaí. A reportagem esteve no local e acompanhou o trabalho da Polícia Militar e ouviu a versão que algumas testemunhas deram aos policiais.

De acordo com uma testemunha que estaria no carro com a vítima, os amigos de Godoy Moreira estava em um bar na região da Água da Jaboticaba, quando perceberam que o clima no local estava ficando estranho, por causa da presença de uns homens que não foram identificados, e decidiram ir embora.

Ainda, conforme a testemunha disse no local, Marailton teria sido abordado pelos referidos homens no bar, que o desafiaram a pagar R$ 100,00 caso ele mexesse com uma mulher o qual indicaram, mas a vítima teria se negado dizendo que era comprometido, inclusive, a namorado estava com ele no estabelecimento.

Marailton então chamou sua namorada e seus amigos para irem embora após algum tempo. Os moradores de Godoy Moreira saíram em um VW/Golf, cor prata, placas ASA-3033 de Godoy Moreira, em direção a Prainha, sentido à PR-082, quando no meio do caminho, uma moto com dois rapazes teria se aproximado do carro e o garupa efetuou alguns disparos, acertando a cabeça da vítima.

Os demais ocupantes do veículo se assustaram e saíram do carro correndo em meio a uma plantação. Os ocupantes da moto fugiram do local. Marailton ainda respirava após os autores da emboscada fugirem, mas morreu instantes depois. Pessoas que passaram pelo local em seguida foram até o Posto da Polícia Rodoviária de São João do Ivaí para pedir ajuda, sendo que os patrulheiros acionaram a PM do município, estando de serviço os soldados Eliane e Leonardo.

A PM foi até o local e pediu o reforço das equipes do destacamento de Jardim Alegre e Fênix. O SAMU também foi acionado, mas nada pode fazer, pois a vítima já estava morta. Os militares isolaram o local até a chegada dos investigadores da Polícia Civil. O IML de Ivaiporã foi acionado para remoção do corpo.

A versão informada pelo blog foi ouvida pelos policiais e repórter na cena do crime. A Polícia Civil deve ouvir as testemunhas nos próximos dias e abrir investigação para descobrir a motivação e os autores do crime. Marailton era uma pessoa bastante conhecida em Godoy Moreira. Ele era proprietário de um bar próximo a estrada de acesso a balsa.

Fonte: Canal HP