Professor paulista devolve pix de R$ 30.000 feito por engano em sua conta

115
Pix é o pagamento instantâneo brasileiro. O meio de pagamento criado pelo Banco Central (BC) em que os recursos são transferidos entre contas em poucos segundos, a qualquer hora ou dia. É prático, rápido e seguro.

Hoje de manhã, uma notícia chamou a atenção na pequena cidade de Rio Bom: um professor de São Paulo devolveu a quantia impressionante de R$ 30 mil enviada por engano para sua conta por uma moradora da cidade.

A Polícia Militar foi acionada ontem (8), às 13h, para investigar uma denúncia de apropriação indébita na Avenida Rio Grande do Sul. De acordo com a solicitante, às 10h10, ela tentou realizar um pagamento via Pix utilizando uma chave de e-mail, mas um erro de digitação no banco fez com que o dinheiro fosse parar em outra conta.

Após entrar em contato com a agência do destinatário, a mulher descobriu que o montante havia sido enviado para um residente de Santa Bárbara D’Oeste, no interior de São Paulo. Desesperada, ela conseguiu o número de telefone do receptor, mas não obteve resposta imediata.

A solicitante registrou um boletim de ocorrência para garantir que as devidas providências fossem tomadas. No entanto, pouco depois, o morador – um professor da região – retornou o contato e, em um ato de extrema honestidade e caráter, devolveu todo o dinheiro!

Esse gesto de integridade do professor merece ser destacado e celebrado, mostrando que ainda existem pessoas que fazem a diferença com atitudes dignas e inspiradoras!